Após ser suspenso na escola, aluno apanha dos pais por 2 dias e foge de casa

Compartilhe

Um adolescente de 14 anos foi visto repleto de hematomas nesta ao ir para o colégio nesta segunda-feira (27), em Uberaba, no interior de Minas Gerais. Ao ser acionada, a Polícia Militar descobriu que o menor foi vitima de agressões causadas pelos seus pais na sexta-feira (24) e no sábado (25). 

De acordo com o portal O Tempo, o adolescente relatou que na sexta-feira ele foi suspenso das atividades do colégio. Quando avisou ao pai sobre a penalidade, o homem de 55 anos começou as agressões com um cinto. 

Para se livrar da violência, o adolescente fugiu de casa e voltou só à noite. No sábado, ao ver que o filho tinha voltado, pai e mãe, de 42 anos, voltaram a agredir o filho com o cinto e dizendo que não o queriam mais em casa.

Com as novas agressões, o garoto fugiu e passou a noite em uma praça próxima à escola. Na segunda, ele foi normalmente à aula. A diretora da escola disse aos policiais que a mãe do aluno informou a coordenadora do tempo integral via aplicativo de mensagens, além de falar sobre o desaparecimento dele, que foi registrado em um boletim de ocorrência. 

Segundo a mãe, se o filho aparecesse no colégio, era para “acionar o conselho tutelar para tomar providências sobre o caso”. Uma conselheira tutelar também já tinha sido informada sobre o caso pela mãe. O adolescente ficou sob responsabilidade do Conselho Tutelar da cidade. 

No boletim de ocorrência, foram anexadas imagens das lesões constatadas na vítima e laudos médicos relativo a saúde física e mental do adolescente. Pai e mãe não foram presos. 

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itamaraju e região na palma da sua mão.

Entre no grupo. Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.