Austrália bate o Peru nos pênaltis e se classifica para Copa do Mundo

Compartilhe

Em partida valendo a penúltima vaga para a Copa do Mundo, Austrália e Peru se enfrentaram na tarde desta segunda-feira no Estádio Al Rayyan, no Catar. Os australianos conseguiram a classificação nos pênaltis por 5 a 4, após partida acabar empatada sem gols. O destaque foi o goleiro Redmayne, que entrou apenas para as penalidades e defendeu a cobrança que garantiu a vaga para sua seleção.
Assim, a Austrália completa o Grupo D do torneio, que ainda conta com Dinamarca, França e Tunísia. A estreia será contra a seleção francesa, os atuais campeões mundiais, no dia 22 de novembro – terça-feira.
A última vaga será disputada nesta terça-feira entre Costa Rica e Nova Zelândia, no mesmo estádio. O vencedor entrará no Grupo E, composto por Espanha, Alemanha e Japão.

O JOGO

Apesar de toda a massa de torcedores peruanos que invadiram o Catar para prestigiar a equipe, além das dezenas de milhares de adeptos nas ruas do Peru, onde foi decretado feriado nacional devido ao confronto, o primeiro tempo do jogo deixou bastante a desejar. Ambos times parecem estar com mais medo de perderem do que com vontade de conquistar a vaga no Mundial.
O praticamente único bom momento da partida aconteceu logo aos dois minutos, em chute de longe do australiano Duke, mas a bola foi para fora. O atacante, quatro minutos depois, teve outra chance de fora da área, de novo para fora.
O clima de Copa do Mundo proporcionado nas arquibancadas também não foi recompensado na etapa complementar. Em mais um tempo morno e de poucas oportunidades, as seleções não correram grandes riscos aos sistemas defensivos.
Apenas na reta final que a Austrália se arriscou mais e chegou  duas vezes com perigo. Aos 39 minutos, Behich chutou com perigo da entrada da área, rente à trave esquerda do gol. Aos 42, Mabil foi ao fundo de campo pela esquerda, cruzou para trás e Hrustic chutou de primeira, rasteiro, mas o goleiro Gallese fez ótima defesa.

Prorrogação e pênaltis

Dessa maneira, com o placar empatado, a partida foi para a prorrogação. Na primeira etapa do tempo extra, o ritmo se manteve o mesmo de todo o confronto. Sem chances de perigo para nenhum lado,
Entretanto, o Peru pareceu ter guardado tudo para os 15 minutos finais. Chegou três vezes com três minutos jogados. No primeiro, Édison Flores foi ao fundo e cruzou Cueva, que bateu de primeira para fora.
Depois, o próprio Édison Flores recebeu cruzamento e cabeceou no pé da trave do goleiro Ryan. Por fim, Advíncula recebeu na direita, cortou para o meio e bateu de longe, porém a bola subiu muito.
Pensando na decisão por pênaltis, o técnico australiano Graham Arnold decidiu substituir o goleiro titular Ryan por Redmayne nos minutos finais de jogo.
O novo arqueiro, que mostrou uma postura excêntrica, atrapalhou a batida de Advíncula, na trave, e defendeu a última cobrança, já nos alternados, garantindo a Austrália na Copa do Mundo.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itamaraju e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.
HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.