Beyoncé muda letra de música do ‘Renaissance’ por termo ofensivo

Compartilhe

Beyoncé lançou o álbum ‘Renaissance’ na última sexta-feira, 29, e apesar do sucesso, se envolveu em polêmica e recebeu críticas por utilizar um termo ofensivo às pessoas com deficiência. O termo é utilizado na faixa ‘Heated‘ na parte do rap. A gíria usada se refere a condição médica “espástica”, em que os músculos enrijecem ou apertam, impedindo o movimento normal. A ativista e escritora Hannah Diviney escreveu um artigo de opinião no The Guardian criticando a letra. “Não é muito frequente que eu não saiba o que dizer, sem palavras pela ignorância, tristeza e uma raiva latente nascida da exaustão profunda. Mas é assim que me sinto agora”, escreveu Diviney. Ela informou que semanas antes também criticou a cantor Lizzo pela mesma palavra na música ‘Grrrls‘. Lizzo retirou o termo de sua música. Uma porta-voz de Beyoncé disse à Billboard em comunicado nesta segunda-feira que “a palavra, não usada intencionalmente de maneira prejudicial, será substituída”.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itamaraju e região na palma da sua mão.

Entre no grupo. Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.