Com 60 estandes, primeira edição da Feira da Sé na Pituba movimenta economia local

Compartilhe

Neste domingo, aconteceu o último dia da edição especial da Feira da Sé em homenagem ao dia das mães, na Praça Ana Lúcia Magalhães, na Pituba, das 16h às 20h. Foram três dias de evento com barracas, expositores de diversas áreas e uma extensa programação cultural para toda a família.

Não faltaram opções de presentes para as mamães. O público que foi à feira pôde conferir diversos produtos artesanais, produzidos pelos próprios expositores. Os itens expostos incluíram roupas e acessórios, produtos para decoração da casa, além de itens colecionáveis, como vinis e bonecas das décadas de 80, 90 e 2000, divididos em 60 barracas. 

Amélia e João Paulo Loyola foram comemorar o Dia das Mães na Feira da Sé (Foto: Emilly Tifanny Oliveira/ CORREIO)

Amélia Loyola, 71, e seu filho João Paulo, 41, foram juntos comemorar o dia das mães na Feira. Eles são frequentadores assíduos. Paulo não mora mais em Salvador, mas veio de Bonito para homenagear sua mãe e prestigiar mais uma edição do evento.

“A gente valoriza muito o artesanato, minha esposa também trabalha com isso. Eu vim passar o dia das mães com minha mãe e nada melhor do que esse lugar cheio de artes para isso. Nós íamos muito quando ainda acontecia na Praça da Sé”, disse Paulo.

Um desses estandes de artesanato é o de Silvi Elen, 31. Ela produz brincos, colares e pulseiras a mão há três anos, ofício que aprendeu com a sua mãe. “É um trabalho para fortalecer a autoestima, incentivar as mulheres a usarem cores e terem liberdade para usar o que quiserem. Uma das coisas que aprendi com a minha mãe”, contou Silvi.

Silvi Elen é dona da Preta Sá, marca de acessórios feitos a mão (Foto: Emilly Tifanny Oliveira/ CORREIO)

A diversão ficou por conta da apresentação do grupo Exploesia, do grupo Elio Circus, com perna de pau, palhaços e malabaristas. A programação encerrou com o show do francês criador do projeto “Jazz Na Avenida”, Laurent Rivemales Trio, que dividiu o palco com o contrabaixista Nino Bezerra e o pianista Isais Rabelo.

Os pais da pequena Nana Barreto, de 2 anos, Emerson e Julia Barreto, foram para a praça aproveitar a data e ficaram ainda mais felizes ao saber que a feira estava acontecendo. Eles passaram a maior parte do tempo na área de pintura infantil. “Ela ama pintura e esse espaço é mais um lugar para a gente se divertir juntos”, destacou Emerson.

No segundo do mês de maio, além do Dia das Mães também se comemora o Dia do Artista Plástico, por isso, a programação para a criançada foi especial. O artista plástico Anunciação realizou uma sessão de pintura coletiva.

Artista plastico promoveu sessão de pintura infantil na Feira da Sé (Foto: Emilly Tifanny Oliveira/ CORREIO)  

“Dar essa liberdade para as crianças é muito importante. Quando o convite chegou eu não pude recusar. Eu comecei expondo meus trabalhos, mas quando você começa a trabalhar com as crianças, você sempre descobre novos artistas”, disse Anunciação.

Vencedor da competição gastronômica leva bike truck para Feira da Sé (Foto: Emilly Tifanny Oliveira/ CORREIO)

Entre os aperitivos disponíveis nos estandes de comida esteve o Gastrô 360 com o crepe da bike truck do chef vencedor da competição gastronômica Panela de Bairro, Fabio Souza. “Essas oportunidades de ocupação de espaços públicos e de visibilidade é muito relevante para o pequeno negócio”, disse o chef .

A feira também promoveu uma ação social de arrecadação de alimentos não-perecíveis em benefício da Associação de Vendedores e Ambulantes do Pelourinho (AVALP) e da Associação dos Barraqueiros do Terreiro de Jesus. Durante os três dias de evento, representantes das instituições estiveram recolhendo os donativos no local.

“O social faz parte da missão do instituto [ACM – Ação, Cidadania e Memória], de ajudar no desenvolvimento socioeconômico do Estado, então aproveitamos esse momento em que recebemos muita gente para ajudar duas associações do Centro Histórico”, ressaltou a diretora do Instituto ACM, Cláudia Vaz. 

Em sua primeira edição no bairro da Pituba, a Feira da Sé contou com o apoio do CORREIO. No primeiro dia de evento, na última sexta-feira (06), houve apresentação do espetáculo circense “O Circo de um Homem Só”, com o ator João Lima. Executado pelo palhaço Tiziu, que realiza sozinho um espetáculo de circo completo.

Já no último sábado (07) às mulheres do grupo Exploesia apresentaram uma performance de arte poética autoral. Na sequência, foi a vez do espetáculo “Clássicas, Uma Montagem Teatral Circense”. Houve também a apresentação do grupo de chorinho Gente do Choro, com Carlinhos do Bandolim, Jailson no violão de sete cordas e a percussão do pandeiro com Débora.

*Com supervisão da Chefe de reportagem Monique Lôbo.

HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.
HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.