Com três expulsos, São Paulo bate Universidad Católica pela Sul-Americana

Compartilhe

O São Paulo conquistou uma importantíssima vitória nesta quinta-feira, em Santiago, no Chile. Diante da Universidad Católica, no Estádio San Carlos de Apoquindo, pela ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, o time comandado por Rogério Ceni não tomou conhecimento do adversário no primeiro tempo e assegurou triunfo por 4 a 2. Reinaldo, de pênalti, Luciano (2) e Calleri balançaram as redes para o Tricolor. Zampedri e Valencia descontaram para os donos da casa.
As expulsões de Igor Vinícius, Rodrigo Nestor e Calleri no segundo tempo complicaram o São Paulo, que construiu uma ótima vantagem na etapa inicial. Quando tinha dez em campo, o Tricolor até marcou o quarto gol. Mas, com apenas nove e, posteriormente, oito atletas no gramado, os visitantes tiveram de abrir mão de atacar e torcer para a partida acabar logo.
O São Paulo volta a enfrentar a Universidad Católica na próxima quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Morumbi. O Tricolor poderá perder por até 1 a 0 que ainda assim avançará às quartas de final da Copa Sul-Americana. Para o time chileno se classificar, será preciso um triunfo por 3 a 0 no tempo regulamentar. 2 a 0 leva a decisão para os pênaltis.

O JOGO

O São Paulo mandou no primeiro tempo e não teve dificuldades para abrir o placar. Logo aos 11 minutos de jogo Calleri foi atingido por González, que acertou seu braço na cabeça do atacante tricolor, e o árbitro marcou pênalti. Reinaldo foi para a cobrança e não desperdiçou, colocando os visitantes em vantagem.
Com mais posse de bola, o time comandado por Rogério Ceni ampliou ao aproveitar uma falha grotesca de Isla. Em boa ligação direta feita por Jandrei, o lateral-direito chileno escorregou e acabou sendo desarmado por Calleri, que deu passe açucarado para Luciano chegar batendo de primeira, livre, dentro da área, e fazer 2 a 0.
Acabando com o jejum de dez jogos sem balançar as redes, Luciano ainda fez mais um antes do intervalo. E que golaço! O atacante recebeu de Reinaldo, passou no meio de dois zagueiros com apenas um toque, invadiu a área e tocou na saída do goleiro, deixando o São Paulo ainda mais confortável na partida.
A partida bastante tranquila para o São Paulo tomou contornos distintos no segundo tempo. Logo no primeiro minuto a Universidad Católica foi às redez com Zampedri, que recebeu cruzamento rasteiro dentro da pequena área e apenas empurrou para o gol. Como se não bastasse, aos cinco Igor Vinícius fez falta, recebeu seu segundo cartão amarelo e acabou expulso.
Por causa da inferioridade numérica, Rogério Ceni foi obrigado a sacar Luciano para a entrada de Patrick, e foi justamente ele quem iniciou a jogada do quarto gol são-paulino, dando uma linda caneta no marcador e cruzando rasteiro para Igor Gomes, que ajeitou para Calleri chegar batendo de primeira, da entrada da área,  e mandar no ângulo. Outro golaço.
Mas, a partida voltou a ficar tensa para o Tricolor poucos minutos depois. Rodrigo Nestor pisou na perna do adversário e, após análise do VAR, acabou sendo expulso pelo árbitro, deixando o São Paulo com apenas nove jogadores em campo. Com dois homens a mais, a Universidad Católica chegou ao segundo gol com Valencia, que completou de cabeça bom cruzamento de Tapia, animando a torcida no estádio.
E quando os são-paulinos achavam que não haveria mais sustos, Calleri também foi expulso, aos 41 minutos do segundo tempo, deixando o Tricolor com oito atletas em campo. A partir daí foi ataque contra defesa, mas o São Paulo conseguiu se segurar e deixar o campo com a importante vitória por 4 a 2 no Chile.

UNIVERSIDAD CATÓLICA 2 x 4  SÃO PAULO

UNIVERSIDAD CATÓLICA
Pérez; Isla, Asta-Buruaga, González e Parot; Saavedra (Gutiérrez), Núñez e Aued (Tapia); Cuevas (Orellana), Fuenzalida (Valencia) e Zampedri
Técnico: Ariel Holán
SÃO PAULO
Jandrei; Diego Costa, Miranda e Léo; Igor Vinícius, Gabriel Neves (Pablo Maia), Igor Gomes, Rodrigo Nestor e Reinaldo (Luizão); Luciano (Patrick) e Calleri
Técnico: Rogério Ceni
Local: estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago (Chile)

Data: 30 de junho de 2022, quinta-feira
Árbitro: Christian Ferreyra (URU)
Assistentes: Richard Trindad (URU) e Andres Nievas (URU)
VAR: Leodan González (URU)
GOLS: Reinaldo, aos 14, Luciano, 27 e aos 28min do 1ºT; Zampedri, a 1min, e Calleri, 17, Valencia, aos 41min do 2ºT
Cartões amarelos: Igor Vinícius (2), Calleri (2), André Anderson, Reinaldo, Luciano, Pablo Maia; González, Zampedri (Universidad Católica)
Cartões vermelhos: Igor Vinícius, Rodrigo Nestor, Calleri

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itamaraju e região na palma da sua mão.

Entre no grupo. Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.