Conheça cinco áreas em que Jô Soares se sobressaiu e deixou sua marca

Compartilhe

O termo multimídia ganhou vulto na imprensa brasileira a partir dos anos 1980, muito influenciado pela turma da Vanguarda Paulista que flertava ao mesmo tempo com manifestações artísticas como a música e o audiovisual. Pois um artista brasileiro já era multimídia muito antes de o termo ser cunhado. Seu nome: José Eugênio Soares, que viria a se tornar conhecido no país inteiro como Jô Soares.

Humorista Sua estreia na TV deu-se em 1956, no humorístico Praça da alegria, então exibido pela Record. Seu último trabalho na emissora foi em A família Trapo, no qual vivia o mordomo Gordon e da qual era roteirista juntamente com Carlos Alberto de Nóbrega. Sua estreia na TV Globo dá-se em 1971, em Faça humor, não faça guerra, participando também de Satiricom (1973), Planeta dos homens (1976) e, em 1981, no humorístico que seria sua marca na emissora até fins dos anos 1980: Viva o gordo.

Leia a matéria completa em New Mag, parceiro do Metrópoles.

 

 

O post Conheça cinco áreas em que Jô Soares se sobressaiu e deixou sua marca apareceu primeiro em Metrópoles.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itamaraju e região na palma da sua mão.

Entre no grupo. Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.