Falso trader que seduz mulheres na internet tenta fazer vítimas no DF

Compartilhe

Conhecido em diversos estados do Brasil por estelionato amoroso, o autoproclamado investidor de ações Danilo de Souza Melo, 33 anos, está no Distrito Federal e tenta fazer novas vítimas. Nessa segunda-feira (2/8), ele foi conduzido à delegacia por portar documento falso.

“Don Juan” pede mulher em casamento e dá golpe de R$ 32 mil no Entorno

Conforme apurou o Metrópoles, Danilo leva consigo um documento com o sobrenome diferente, se apresentando como Danilo Andretta. No pouco tempo que está na capital, ele teria tentado marcar encontros com mulheres por aplicativos de relacionamentos.

Conforme reportagem do Uol de 2021, Danilo já foi denunciado à polícia em pelo menos três estados por estelionato amoroso. As cerca de 15 mulheres, vítimas do suposto estelionatário, seriam de São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina. O “golpista do amor” conquistaria as vítimas com muito carisma e promessas de investimento.

Atuação em Alagoas Além disso, Danilo teria feito vítimas em Maceió (AL), em março deste ano. Uma empresária da cidade nordestina o denunciou à polícia de tentar se aproximar dela com o objetivo de aplicar golpes. Às autoridades, a mulher narrou que conheceu Danilo em uma quadra de beach tênis, onde ele parecia ser amigo de todos, mas ninguém o conhecia.

Segundo a empresária, Danilo dizia ser americano e que trabalhava no Bank of America, uma das maiores instituições bancárias dos Estados Unidos. Ele teria tentado conseguir dinheiro dela para validar investimentos da instituição financeira norte-americana.

A mulher desconfiou que o homem era golpista quando o marido dela teve uma reunião com Danilo para analisar a proposta, fez perguntas, e o suposto investidor não sabia responder. Assim como no DF, em Alagoas o homem se apresentava com um sobrenome diferente do verdadeiro. Então, ele se apresentava como “Danilo Otto Trevisan”.

Além disso, a vítima achou estranho que o suposto investidor financeiro não tinha perfis em redes sociais, especialmente o LinkedIn. A mulher pediu para uma amiga que trabalha no banco estadunidense para que checasse se ele realmente era empregado da instituição, mas não havia ninguém com o nome “Danilo Otto Trevisan” no Bank of America.

Ainda segundo a denunciante, Danilo teria conseguido aplicar um golpe no pai dela, roubando a quantia de R$ 8.860; e no sogro, faturando R$ 11.910. Por fim, a empresária descobriu que Danilo era conhecido por estelionato em diversos estados brasileiros depois de pesquisar por “Danilo Golpista” no Google.

O inquérito da polícia alagoana afirma que o falso trader “agia de má fé, de forma dolosa, com a finalidade de obter vantagem ilícita causando assim prejuízo à vítima”. Em 31 de março último, a PCAL pediu a prisão preventiva do acusado. O processo corre no Poder Judiciário de Alagoas.

Outro lado A reportagem entrou em contato com Danilo de Souza Melo, mas o homem não comentou sobre as acusações de estelionato. Ele confirmou ter sido conduzido à 5ª Delegacia de Polícia (Área Central) nessa segunda-feira.

O post Falso trader que seduz mulheres na internet tenta fazer vítimas no DF apareceu primeiro em Metrópoles.

HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.