Grupo de baianos lança jogo 100% brasileiro nesta sexta-feira (13)

Compartilhe

Um grupo formado por baianos lança, nesta sexta-feira (13), o jogo 100% brasileiro Spaceship for Newbies. Disponível nas principais plataformas digitais mobile e desktop – na Steam, Play Store por R$ 10,89 e Itch.io por U$S 4,99, o game pode ser jogado nas versões em português e inglês.

Aliás, mesmo antes de ter sido lançado, o jogo recebeu o prêmio de Melhor Game Baiano no V Encontro Baiano de Animação e Games (Animaí 2021).

“Ficamos muito felizes com a recepção. Não esperávamos, é claro, já que a versão enviada para avaliação ainda não era a final, mas o troféu só reforçou que a gente estava no caminho certo”, disse Caio Ribeiro, artista e level designer do game.

Ao longo de três anos, o grupo baiano Molotov Estúdios que o desenvolveu inclui: Ana Clara Schramm, de 24 anos, responsável pelo controle de qualidade do jogo, Andrey Fontoura, de 27 anos, desenvolvedor do site institucional, Caio Ribeiro, 26 anos, criador da arte, Mateus Vilasboas, 27 anos, programador, Romualdo Santos, 28 anos, programador e game designer, além de Zenaide Dantas, 61 anos, que comanda a gerência de projetos. Dos integrantes, apenas Ana Clara Schramm não mora na capital baiana. Ela reside em Alagoinhas, a 100 km de Salvador.

O jogo

A ideia da criação surgiu durante a GMTK GameJam 2019, do canal “Gamemaker’s toolkit”. O tema, à época, era “Only One” – em tradução literal, “Apenas um”. 

“Tivemos duas ideias diferentes, mas com um core semelhante. O objetivo sempre foi ter uma nave rotacionando e sendo controlada por apenas um botão”, contou Mateus Vilasboas, game designer do estúdio. 

Com apenas um único botão, o jogador precisa controlar uma nave espacial até o objetivo final. 

Apesar da meta ser ir do ponto A ao ponto B, o jogo cresce em dificuldade ao longo das 72 fases, desenhadas para desafiar até o mais experiente dos jogadores. Diversas mecânicas como asteroides, lasers e sucatas espaciais transformam a viagem em um verdadeiro teste de destreza e pensamento rápido.

“Após muito refinamento, finalmente podemos levar Spaceship for Newbies para um público maior”, finalizou.

Dificuldades

Os baianos tiveram muitas dificuldades durante o período de desenvolvimento do game.

A equipe começou com alunos da Universidade Federal da Bahia (Ufba), sem remuneração. Os integrantes precisaram se dedicar ao projeto principalmente nos finais de semana, já que todos trabalhavam e estudavam. O jeito foi recorrer aos tempo livre.

Durante os anos de desenvolvimento, outra barreira enfrentada pelos baianos foi a pandemia da covid-19. O grupo precisou se afastar fisicamente já que o momento indicava o isolamento social como mais seguro a saúde de todos. 

Com isso, toda a equipe passou a se reunir virtualmente. A mudança representou um desafio bem diferente do que estavam acostumados, com encontros presenciais e semanais, mas fortaleceu ainda mais o foco na criação do game.    

Molotov Estúdios
 
Nascida de um sentimento de estagnação dentro do mercado de jogos, a Molotov Estúdios nasceu para tentar revolucionar o que vai de encontro ao Status Quo do mercado de Game Dev mundial. 
 
Com a utilização de uma estrutura de co-criação, o objetivo do grupo é queimar a lógica de válvula de escape dentro dos ambientes de jogos e trazer inovação. A mensagem a ser passada é provocativa e que traga um sentimento identificável. 
 
O grupo tem desejo de através da horizontalidade de processos, fortalecer o cenário baiano de produção de jogos.

HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.
HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.