“Jô era gente de fato”, relembra jornalista Ana Maria Tahan

Compartilhe

O ano era 2006 e Jô Soares surpreendeu os telespectadores do seu programa na TV Globo. Naquela noite, no lugar dos entrevistados de praxe, ele reunia um time formado por nomes femininos da imprensa para comentar episódios relevantes do noticiário político.

Esse grupo ficou conhecido como as Meninas do Jô e perdurou por 11 anos, variando sua formação. Um nome esteve presente da sua criação ao término: a jornalista Ana Maria Tahan. Ela rememorou a convivência com o apresentador, que morreu na última sexta-feira (5/8).

“Nesses anos todos dedicados ao jornalismo, nunca conheci alguém que reunisse tanto conhecimento cultural como o Jô. Ele conhecia muita coisa e falava sobre tudo com muita propriedade”, disse.

Leia a matéria completa na NewMag, parceiro do Metrópoles.

O post “Jô era gente de fato”, relembra jornalista Ana Maria Tahan apareceu primeiro em Metrópoles.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itamaraju e região na palma da sua mão.

Entre no grupo. Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.