Luisa Mell revela como estão cachorros resgatados na “casa abandonada”

Compartilhe

Conhecida ativista pelo direito dos animais, Luisa Mell foi criticada na web após gravar, na última semana, o resgate de animais na “casa abandonada” de Margarida Bonetti, personagem principal de um podcast produzido pelo jornalista Chico Felitti e o jornal Folha de S. Paulo. Ao site Notícias da TV, do UOL, ela detalhou como ficou sabendo da operação e por que decidiu aparecer no endereço para salvar os pets.

“Me ligaram”, disse. A ativista afirmou que ficou horrorizada ao saber do caso e afirmou que um delegado Bruno Lima, da polícia de São Paulo, entrou em contato com o instituto que ela comanda pedindo reforço no resgate dos bichos, que estariam doentes e vivendo em condições precárias.

“Quem fez o resgate foi o Bruno, mas [a polícia queria saber] se a gente poderia ficar com os animais, se eu poderia mandar a minha equipe, porque ele fez a parte da polícia, mas quem pega os bichos, aquela coisa, foi a equipe do Instituto Luisa Mell”, completa.

Resgate do Instituto Luisa MellDe acordo com Luisa, os animais estão sendo acompanhados por veterinários e demandam cuidados. “Uma estava muito doente. Eu não pude nem operar ela ainda porque, além dos tumores que ela tem, ela está com a saúde terrível, todos os exames estão tão alterados, tão alterados que não dá para colocar numa mesa de cirurgia, entendeu?”, finaliza.

O post Luisa Mell revela como estão cachorros resgatados na “casa abandonada” apareceu primeiro em Metrópoles.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itamaraju e região na palma da sua mão.

Entre no grupo. Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.