Mais seis estados e o DF vão se tornar áreas livres de febre aftosa

Compartilhe

No dia primeiro deste mês foi iniciada a vacinação contra febre aftosa em 20 estados. Ao final da última etapa da imunização, prevista para novembro, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento irá suspender a vacinação em sete unidades da federação. São elas: Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Tocantins, Distrito Federal e todo o estado do Mato Grosso.

O anúncio foi feito pelo ministro da pasta, Marcos Montes, e pelo secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, José Guilherme Leal, durante a abertura da ExpoZebu, em Uberaba, Minas Gerais. 

Desde o ano passado, outros seis estados já estavam com a vacinação suspensa por serem reconhecidos internacionalmente como zonas livres de febre aftosa sem vacinação. 

O reconhecimento é feito pela Organização Mundial de Saúde Animal.  E em maio do ano passado já incluía parte do Paraná, Rio Grande do Sul, Acre, Rondônia, parte do Amazonas e do Mato Grosso, como livre da doença, além de Santa Catarina, que já é reconhecida desde 2007. 

Ao todo, aproximadamente 113 milhões de bovinos e bubalinos deixarão de ser vacinados, o que corresponde a quase metade do rebanho total do Brasil.

*Com supervisão de Raquel Mariano

 

Economia Brasília 04/05/2022 – 13:02 Raquel Mariano / Beatriz Arcoverde Eduardo Cupertino* – estagiário da Rádio Nacional Vacinação contra febre aftosa quarta-feira, 4 Maio, 2022 – 13:02 1:28

HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.
HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.