No Bahia, Ricardo Goulart projeta nova parceria de sucesso com Enderson: ‘Me conhece’

Compartilhe

Principal contratação do Bahia na temporada, o meia Ricardo Goulart já está integrado ao elenco tricolor. Nesta terça-feira (2), ele fez o primeiro treino com os novos companheiros e foi apresentado no CT Evaristo de Macedo. Goulart não escondeu que a chegada ao Esquadrão é uma espécie de retomada na temporada. Em julho, ele deixou o Santos após ser eliminado na Copa Sul-Americana. 

“Queria agradecer pela oportunidade de vestir a camisa, a gente sabe do histórico e da grandeza. Desde as primeiras conversas fiquei interessado no projeto. Por onde passei, consegui consolidar meu nome. Alguns meses atrás, a questão entre treinador e jogador não fluiu e, por opção minha, decidi deixar de lado. Estou muito feliz em vestir essa camisa”, disse.

Com a camisa do Santos, Ricardo Goulart disputou 30 partidas em 2022. Ele marcou quatro gols e deu três assistências. Na análise do jogador, a passagem pelo clube paulista foi abreviada por conta de um atrito com o então treinador Fabian Bustos. 

“O cenário que foi ocorrido alguns meses atrás, tive conversa franca como tive com todos os profissionais com quem eu trabalhei, sempre colocando e respeitando a opinião do treinador. Infelizmente, ele não respeitou o meu estilo de jogo, não respeitou a minha história, quis colocar e não respeitar a minha contratação de peso que foi na temporada pelo Santos. Foi uma conversa franca, expliquei que jogo de meia atrás do atacante. Pelo estilo de jogo dele, não opta por meia. Acabou prejudicando o meu futebol, não tem oportunidade de sequência. E lá não aconteceu”, explicou o jogador.

No Bahia, Ricardo Goulart vai reencontrar um velho conhecido. Sob o comando de Enderson Moreira, o jogador foi um dos destaques no título da Série B conquistado pelo Goiás em 2012. 

“Conheci o Enderson há anos atrás, fomos felizes juntos e aprendi muito com ele. Estou reencontrando e tenho uma gratidão muito grande”, afirmou.

Sem jogar desde o dia seis de julho, quando enfrentou o Deportivo Táchira, pela Copa Sul-Americana, Ricardo Goulart garantiu que está preparado fisicamente para encarar a Série B. 

“Eu já participei de uma Série B e fui campeão justamente com o Enderson. É uma competitividade diferente da Série A. Sei o tamanho da grandeza de um título. Tenho me preparado bem, conversado bastante com o Enderson Moreira. Faltam 17 rodadas e vou intensificar os treinamentos para ficar à disposição”, pontuou.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itamaraju e região na palma da sua mão.

Entre no grupo. Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.