Prefeitura de Prado e pescadores se reúnem para tratar o desassoreamento da Barra

O prefeito Gilvan Produções, se reuniu, com a Associação de Pescadores de Prado, para tratar sobre o desassoreamento da barra, onde bancos de areia vêm prejudicando a entrada e saída de barcos pesqueiros.

De acordo com Gilvan, o estudo para viabilizar a dragagem no local é importante para os pescadores. “Estamos aqui para buscar a melhor alternativa, pois sabemos que a operacionalização não é simples e tem custos, mas vamos fazer todos os esforços. Se financeiramente não tivermos como bancar a solução definitiva, podemos adotar uma provisória. Isso, claro, desde que não haja nenhum risco para os pescadores”, destacou o prefeito.

O presidente da Colônia de Pescadores Z-23, Edvaldo Vieira Franco (Vado), destacou que, os pescadores em suas embarcações só conseguem atravessar o canal com a maré alta, tendo que esperar muitas vezes por esse momento. Segundo ele, até mesmo algumas embarcações menores tem dificuldades no momento da travessia.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Ideraldo Beline, desde o início do mandato, já estava em andamento um estudo para a resolução da questão exposta.

“Tenho conhecimento do problema desde que assumi o cargo, então todo um estudo já vem sido realizado para que o problema seja resolvido definitivamente e não temporariamente, é algo que demanda muita verba, o que faz com que uma medida fixa seja mais viável. Solicitei na prefeitura a presença de profissionais especializados em oceanologia, para não causarmos danos ao meio ambiente”, afirmou o secretário.

Além do prefeito Gilvan Produções, participaram da reunião o vice-prefeito Carlão da Saúde, o presidente da Câmara, Odilei Matos, a secretária de Turismo, Iracema Ribeiro, o secretário de Agricultura, Lenilson Felipe dos Santos, técnicos ambientas, os vereadores professor Boloca, Luciana da Lookgás, Cacique Zeca e Leilson dos Santos (Super Choque).

Uma nova reunião foi agendada na Câmara dos Vereadores, para o dia 23 de abril, às 09h.

Por ASCOM

Deixe seu comentário