Secretaria de Saúde de Itamaraju realiza encontro de Orientação sobre prevenção das Hepatites Virais

Compartilhe

EEBD2BAB 48CB A73C 8CDB DDA1EC6D0123

A campanha “Julho Amarelo” foi instituída no Brasil pela Lei nº 13.802/2019 e tem por finalidade reforçar as ações de vigilância, prevenção e controle das hepatites virais.

No dia mundial de luta contra as Hepatites Virais, Aconteceu na manhã desta quinta-feira, 28 de julho no Auditório Antônio Cassimiro de Paula (CDL), o Encontro de Orientação sobre a Prevenção das Hepatites. Participaram do evento – a Coordenadora do CTA, Alana, a Drª. Brena Burine, a Farmacêutica Josiana, o Assistente Social Joel e a Técnica de Enfermagem, Judicleia.

Segundo a Drª. Burine: “ A hepatite é uma inflamação do fígado que pode ser causada por vírus ou pelo uso de alguns medicamentos, álcool e outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas ou genéticas”.

No caso específico das hepatites virais, que são o objeto da campanha Julho Amarelo da secretaria de saúde Itamaraju, estas são inflamações causadas por vírus classificados pelas letras do alfabeto em A, B, C, D (Delta) e E. As Hepatites mais comuns em Itamaraju são as B e C.

A hepatite B, provocada pelo vírus HBV, é transmitida por meio de fluidos corporais (sangue, secreções, entre outros). Desse modo, indivíduos que compartilham objetos de uso pessoal infectados, têm relações sexuais sem proteção com pessoas contaminadas, entre outras situações, estão suscetíveis à doença. A hepatite B também pode ser passada de mãe para filho durante a gestação, caso a mãe esteja contaminada.

Já a hepatite A chamada de “hepatite infecciosa”, essa doença tem como agente o Vírus da Hepatite A (VHA) e a sua transmissão ocorre por meio do contato com pessoas portadoras da doença e pela água ou alimentos que estejam contaminados por esse microrganismo — essa transmissão é conhecida como fecal-oral.

A Drª Brena Burine, lembra a importância de as pessoas realizarem os testes rápidos e conscientiza sobre o cuidado em tomar as vacinas. “ É importante lembrar que a hepatite B tem vacina e os Postos de saúde de Itamaraju estão habilitados a fazer vacina. A vacina previne e faz com que o indivíduo não pegue a doença. As crianças fazem parte do calendário vacinal, os mais velhos não. Mas tem vacina para todo mundo” enfatiza a Drª. Burine. 

O secretário de saúde, Luiz Fábio participou do evento e prometeu estender a campanha para todo o município itamarajuense. Luiz Fábio disse ainda que é de suma importância a prevenção e tratamento das hepatites e que a secretaria está atenta a esses princípios. 

Prevenção

Para que você tenha uma vida saudável é recomendada a suspensão do uso de bebidas alcoólicas, dieta com poucos alimentos gordurosos e repouso. Além disso, adotar hábitos de higiene, lavando as mãos sempre após ir ao banheiro, durante a preparação de refeições e ao chegar em casa é fundamental. Usar sempre preservativos durante as relações sexuais, evitar compartilhar objetos pessoais. 

Caso você precise do CTA para os testes rápidos de BC, HIV e Hepatites: B e C, fica no antigo centro de testagem do COVID-19. Nº 22, próximo a Igreja Batista na Praça Dois de julho. Telefone: 3031-0090.

Produzido pela Ascom municipal