Suspeito do sumiço de jornalista e indigenista já ameaçou indígenas

Compartilhe

Um homem foi preso, nesta terça-feira (7/6), suspeito de envolvimento com o sumiço do jornalista inglês Dom Phillips e o indigenista Bruno Pereira, que desapareceram no domingo (5/6), no Vale do Javari, Amazonas. As informações são do O Globo.
De acordo com a colunista Miriam Leitão, o suspeito é conhecido como Amauri e tem um histórico de ameaças a indígenas. A polícia resolveu pela prisão preventiva exatamente pelo histórico de ameças. 
Os dois foram vistos pela última vez na comunidade São Rafael e teriam seguido viagem para Atalaia do Norte. A viagem dura aproximadamente duas horas, mas eles não chegaram ao destino.

De acordo com a União dos Povos Indígenas do Vale do Javari (Univaja), Bruno Pereira já tinha sofrido várias ameaças de invasores. A reserva é a segunda maior do país e tem sofrido com conflitos constantes. 

As buscas pelos dois continuam nesta quarta-feira (8/6). Agentes da Polícia Federal e da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP), a Marinha e o Exército participam da Força-Tarefa para localizá-los. A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar o caso. 

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itamaraju e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.
HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.