Vitória perde do Fortaleza no Barradão e está eliminado da Copa do Brasil

Compartilhe

O Vitória está eliminado da Copa do Brasil. Na noite desta quinta-feira (12), o Leão tinha a difícil missão de reverter a derrota por 3×0 para o Fortaleza no jogo de ida, mas foi derrotado por 1×0, no Barradão, e deu adeus ao torneio na terceira fase. 

O rubro-negro até criou boas chances para balançar as redes, mas pecou nas finalizações e passes e não conseguiu exercer a pressão que precisava sobre o time cearense. Nos acréscimos do segundo tempo, Yago Pikachu marcou o gol que deu o triunfo ao Fortaleza. 

Com a queda na Copa do Brasil, o Vitória deixa de arrecadar R$ 3 milhões como premiação pela participação nas oitavas de final. O clube baiano vai se concentrar agora exclusivamente na Série C do Brasileirão. Na próxima quarta-feira (18), a equipe enfrenta o Botafogo-PB, no Barradão.  

FALTOU PONTARIA
Diante da missão complicada de reverter a derrota por 3×0 do jogo da ida, o técnico Fabiano Soares promoveu mudanças na equipe. Alemão voltou aparecer na lateral direita, enquanto o destro Iury foi improvisado na esquerda. No ataque, Roberto recebeu a camisa 9. 

Apesar da necessidade de construir um placar elástico ser do Vitória, foi o Fortaleza quem começou buscando o ataque. Com mais posse, o Leão cearense trabalhava a bola com tranquilidade no meio-campo. No rápido contra-ataque puxado por Matheus Vargas, Robson ia ficar livre, mas a marcação rubro-negra conseguiu cortar. 

Enquanto isso, o Vitória se mostrou completamente desorganizado. Com muitos erros de passe, o time não conseguia levar perigo ao gol de Marcelo Boeck. Aos 20 minutos o Leão teve uma grande chance. A defesa do Fortaleza errou e Benevenuto deixou Luidy livre dentro da área. O atacante tentou pegar de primeira e mandou para fora, desperdiçando uma ótima oportunidade.

Aos poucos o Vitória conseguiu tirar o espaço do Fortaleza e deixou o jogo mais equilibrado. Porém o Leão tinha muita dificuldade na construção ofensiva. Em um dos poucos lances de ataque na primeira etapa, Luidy puxou o contra-ataque e na entrada da área tocou para Eduardo. O meia bateu colocado e quase fez um belo gol. 

Aos 41 minutos o Vitória teve a grande chance do jogo. Titi parou pedindo falta e Roberto ficou completamente livre. Cara a cara com o goleiro praticamente na pequena área, o camisa 9 decidiu tocar para o lado. Eduardo chegou atrasado e cometeu falta. 

SEM REAÇÃO
O Vitória voltou para o segundo tempo com o mesmo time e nos primeiros minutos tentou fazer pressão na defesa do Fortaleza. O Leão esbarrava na falta de precisão nos passes. Depois da boa jogada de Iury pelo lado esquerdo, Luidy não conseguiu dominar dentro da área. 

Precisando de pelo menos três gols para forçar a decisão por pênaltis, o tempo também passou a ser adversário do Vitória. Na tentativa de mudar o panorama, Fabiano Soares colocou Alan Pedro e Gabriel Santiago nas vagas de Dani Bolt e Luidy, respectivamente. 

Se não construir as jogadas para entrar na área, o Leão passou a apostar nos chutes de fora da área. Marcelo Boeck teve que se esticar todo para defender a finalização forte de Alemão. Já a tentativa de Roberto explodiu no travessão.

Mais tranquilo por conta da vantagem construída no primeiro jogo, o Fortaleza quase respondeu na jogada de escanteio. Matheus Jussa não conseguiu finalizar depois da casquinha de José Welison. 

Para piorar a situação do Vitória, o meia Eduardo sentiu câimbras. Como o técnico Fabiano Soares já tinha realizado as três alterações, o jogador teve que atuar no sacrifício até o final da partida.

Na reta final, o jogo perdeu intensidade. Com os dois times desorganizados, eram poucas as chances claras de gol. O Vitória tentava assustar em escapadas rápidas de Alisson Santos, mas o atacante era facilmente neutralizado pela defesa cearense. Quando o Fortaleza conseguiu chegar ao ataque, Hércules não aproveitou o cruzamento e mandou por cima do gol. 

A mesma sorte o Vitória não teve aos 47 minutos. No cruzamento de Robson, Depieri chutou cruzado e Yago Pikachu desviou para as redes, decretando o triunfo do Fortaleza por 1×0, e a eliminação rubro-negra na Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA 

Vitória 0x1 Fortaleza – Copa do Brasil (terceira fase – jogo de volta)

Vitória: Lucas Arcanjo, Alemão (Matheus Moraes), Danilo Cardoso, Marco Antônio e Iury; João Pedro, Léo Gomes (Alisson Santos) e Eduardo; Dani Bolt (Alan Pedro), Roberto (Trellez) e Luidy (Gabriel Santiago). Técnico: Fabiano Soares. 

Fortaleza: Marcelo Boeck, Landazuri, Titi (José Welison) e Benevenuto; Lucas Crispim (Yago Pikachu), Ronald, Matheus Jussa, Matheus Vargas (Depietri) e Juninho Capixaba (Sammuel); Romarinho (Hércules) e Robson. Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Local: Barradão
Gols: Yago Pikachu, aos 47 minutos do 2º tempo
Cartões amarelo: Eduardo (Vitória); Juninho Capixaba, Titi (Fortaleza)
Arbitragem: Paulo Cesar Zanovelli da Silva, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Felipe Alan Costa de Oliveira (trio de Minas Gerais)

HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.
HOT & NEW
Thank You
You are now Subscribed to our product newsletter.