Jornal IN | Itamaraju NOTÍCIAS - IN 24 horas - Jornal eletrônico com notícias de ITAMARAJU e região
Itamaraju (BA)
  • WhatsApp (73) 99958-1514

WhatsApp Pay chega ao Brasil para pagamentos via Nubank, Itaú e mais

Tecnologia
Publicado em 5 de maio de 2021 e atualizado às 15:06

Se está em busca de produção e instalação de pias, balcões, pisos, escadas, soleiras, peitoris, banheiras e muitos mais, passe na VITÓRIA MÁRMORE E GRANITO!

O WhatsApp anunciou, nesta terça-feira (04), o lançamento do WhatsApp Pay no Brasil. O recurso permite que usuários do aplicativo enviem e recebam dinheiro pelo mensageiro, e já havia recebido a aprovação do Banco Central (BC) no final de março. Inicialmente, o serviço está habilitado apenas para transferências entre pessoas físicas. Entretanto, o WhatsApp afirma que em breve também será possível enviar pagamentos a empresas.

O retorno do WhatsApp Pay ocorre após quase um ano de suspensão. Em junho de 2020, o BC anunciou que o serviço precisava passar por uma avaliação de eventuais riscos, afirmando que o sistema poderia trazer “danos irreparáveis” à concorrência e à privacidade.

Posteriormente, em agosto, a plataforma foi liberada para testes no país. Nesse tempo de espera, houve o lançamento do Pix, o sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central que já foi amplamente adotado pelos brasileiros bancarizados.

O WhatsApp Pay é habilitado pelo Facebook e pelo Facebook Pagamentos (entidade autorizada pelo BC), e processado pela Cielo no Brasil. Não há a cobrança de taxas por parte do WhatsApp ou Facebook para enviar ou receber dinheiro de amigos e familiares usando um cartão pré-pago, um cartão de débito ou um cartão múltiplo com a função débito.

Segurança no WhatsApp Pay

Além de criptografia entre o seu smartphone e os servidores do WhatsApp, o método de pagamento conta com outras camadas de proteção para o armazenamento avançado de dados.

A Visa, uma das parceiras da plataforma de pagamentos do WhastApp, informa que o recurso é protegido por tokens que impedem a exposição de informações sensíveis dos usuários durante as transações. Para cada dispositivo móvel ou aplicativo, é criado um token de pagamento único.

Para realizar uma transação, o usuário deverá confirmar uma senha previamente cadastrada. Em alguns dispositivos, a confirmação pode ser realizada por meio de biometria (impressão digital ou reconhecimento facial).

“Estamos entusiasmados com a disponibilidade desse recurso. Facilitar o envio e o recebimento de dinheiro com segurança não poderia ser mais importante neste momento, pois, não só diminui a exposição das pessoas à pandemia, mas também ajuda os entes queridos a se manterem conectados, amplia o acesso a serviços financeiros e permite que mais pessoas participem da economia digital” – Matt Idema, Chief Operating Officer do WhatsApp, em comunicado.

Bancos participantes e parceiros do WhatsApp Pay

Para usar o WhatsApp Pay, é necessário cadastrar um cartão, cartão de débito ou cartão múltiplo com a função de débito emitido por um dos bancos ou instituições listados abaixo (mais emissores devem disponibilizar a solução nos próximos meses).

  • Banco do Brasil: Visa
  • Banco Inter: Mastercard
  • Bradesco: Visa
  • Itaú: Mastercard
  • Mercado Pago: Visa
  • Next: Visa
  • Nubank: Mastercard
  • Sicredi: Mastercard e Visa
  • Woop, a conta digital da Sicredi: Visa

O WhatsApp Pagamentos chega gradualmente aos usuários do Brasil a partir desta terça-feira (04), para Android e iPhone (iOS). Não é possível usar o serviço de pagamentos no WhatsApp Web nem no WhatsApp para computador.

Com informações: WhatsApp